IIS 32bits Mode

Com o surgimento das máquinas a 64bits é cada vez maior o número de instalações a 64bits.
Isto, porem, acarreta alguns problemas, o cada vez maior número de sistemas operativos a ser implementados não é acompanhado de igual forma pelas aplicações a 32bits. Isto tem uma maior visibilidade nas aplicações WEB.

Por vezes não é possível colocar essas aplicações a funcionar com o que temos a 64bits por falta de drivers ou por impossibilidade de recompilação.

A forma de as por a funcionar é regredir um pouco e colocar o IIS a funcionar a 32bits.

Para isso temos de executar os seguintes paços:

  1. Activar a .Net Framework a 32bits. Não conseguimos originalmente activar esta Framework num sistema operativo a 64bits, obtemos um erro de não ser possível a instalação da Framework 32bits num sistema a 64bits.Para podermos proceder a esta instalação temos de fazer os seguintes paços:
  • Executar o seguinte script ” cscript.exe adsutil.vbs set W3SVC/AppPools/Enable32BitAppOnWin64 true “Isto vai permitir activar o iis em modo 32bits. Se mais tarde quisermos recuperar o iis em modo 64bits então basta-nos repetir o script com o false.
  • Depois temos de alterar a Framework. Para isso temos de ir á seguinte directoria c:WindowsMicrosoft.NetFrameworkv2.0.50727 e correr o seguinte comando:aspnet_regiis.exe -i este comando permite registar a Framework asp.net a 32bits.Depois de correr este script no iis admin dentro da pasta Web service extensions vai aparecer uma nova extensão asp.net v2.0.xxxx (32 bits).
  • Apenas temos de activar o novo menu escolhendo a opção alow.
  • Depois na no website que queremos que funcione a 32bits temos de fazer propriedades e escolher a tab asp.net e depois escolher na combo box asp.net version a versão 2.0.xxxx

— Atenção — Depois de fazermos estas alterações, “aleijam” o vosso servidor e o nosso iis pois deixaremos de conseguir correr aplicações compiladas a 64bits.

Não é possível ter em funcionamento na mesma máquina ambas as versões, por isso contem com esta solução apenas para preparar uma migração ou para permitir que (até à actualização da aplicação) esta funcione sem problemas numa máquina a 64bits.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *